• jhafacm

TÁ CHEGANDO A HORA: CONHEÇA OS TIMES QUE DISPUTAM A SÉRIE B DO BAIANÃO 2020.

Atualizado: 16 de Out de 2020


O Campeonato Baiano de Futebol Série B está se aproximando da sua estreia, que ocorre no próximo dia 25 de Outubro. Com apenas seis clubes, a competição premiará apenas o campeão da edição com a vaga na elite do Campeonato Baiano em 2021. 

Barcelona, Canaã, Colo Colo, Jequié, Teixeira de Freitas (Portela) e Unirb medirão forças para conseguir a tão sonhada vaga. Na primeira fase todos se enfrentam em turno único. Apenas cinco rodadas definirão os dois classificados para grande decisão que ocorrerá em jogos de ida e volta, sendo o último deles marcado para o dia 6 de dezembro. Confira abaixo detalhes dos participantes da edição 2020 do Baianão Série B. 


BARCELONA 

Divulgação

Fundado em 2019, o Barcelona de Ilhéus quer estrear com o pé direito. Na sua primeira competição como profissional, o clube promete brigar pelo acesso. O time ilheense, porém, não contará com Mario Pessoa como casa e mandará os jogos na Arena Valfredão, em Riachão do Jacuípe.

Para isso, o Barça montou um elenco com nomes conhecidos no futebol baiano. Entre eles estão os goleiros Márcio Greyck e Léo Paredão, os laterais Nino e Fieta, o meia Cleiton Domingues e o atacante Tatu.

O grupo ainda terá o reforço do experiente Acosta. O atacante uruguaio, de 43 anos, foi o principal reforço do time. O jogador acumula passagens por diversos clubes do Brasil, entre eles o Corinthians e o Náutico. Para comandar o elenco, o clube contratou, inicialmente, o campeão do Intermunicipal Beto Oliveira. Mas, por questões pessoais, o treinador pediu desligamento e deu lugar a outro nome conhecido e de sucesso na boa terra, o também experiente Sérgio Araújo.

CANAÃ Canaã EC Projeto social de destaque no país, o Canaã se profissionalizou e se tornou clube de futebol, filiado à Federação Bahiana de Futebol, em 2018. No ano passado, a equipe, sediada em Irecê, fez sua estreia no profissional e ficou apenas na 5ª posição. O comando do grupo é do técnico Erivaldo Silva. O treinador, de 39 anos, se destacou no comando das equipes de base do próprio clube. Em 2019, ele levou o Canaã ao vice-campeonato baiano Sub-20, ao perder, nos pênaltis, a final para o Bahia. O time ireceense também não mandará os jogos em sua terra natal. Os mandos de campo do clube serão na cidade de Jacobina, no Estádio José Rocha. O Clube estreia contra o Teixeira de Freitas, em casa.

COLO COLO Colo Colo F.R. Com a preparação sendo um mistério para muitos, o Tigre ilheense tenta se remontar e retornar para a elite do baianão após quatro anos longe.  O clube é o único, entre os seis participantes, que já conquistou o principal título do futebol baiano, o de campeão da Série A do Baianão, em 2006. O Colo-Colo ainda ostenta dois títulos da própria Série B, em 1999 e 2014. Para repetir o feito neste ano, o Tigre aposta na parceria com o Doce Mel Esporte Clube, que conquistou o acesso em 2019 e neste ano permaneceu na elite. Além do patrocínio da empresa Doce Mel, a equipe ilheense será reforçada com atletas e a comissão técnica que defenderam o time de Ipiaú no Baianão 2020. Assim como o Barcelona, o time de Ilhéus também mandará os seus jogos longe. A casa escolhida foi o Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista. O Tigre ilheense estreia contra o Jequié fora de casa.  

JEQUIÉ AD Jequié O Jipão, como é conhecido, busca o retorno para a elite do baiano após o rebaixamento que ocorreu em 2019. O time de Jequié é mais um com título da Série B na bagagem, foi campeão em 1992 e 2017. Com histórico de idas e vindas e períodos longos de inatividade, o ADJ é uma grande incógnita para a edição do Baianão 2020. O time será comandado pelo experiente técnico Paulo Sales. O elenco tem como destaque os nomes de Rafael Gladiador, jogador que foi revelado pelo Bahia, e o experiente meia-atacante Rafael Granja, revelado pelo Vitória e com passagens por clubes como Remo, Volta Redonda, América-RN e CSA.  O presidente do clube, Leur Lomanto, disse que a expectativa sempre é a melhor. “A ADJ nunca entra para ser coadjuvante. Não vai ser diferente esse ano. A ADJ vai forte. O nosso Clube tem um planejamento. Nossos atletas são de qualidade e já chegaram sabendo da importância que o Clube tem para a cidade e para o futebol baiano. Agora é hora da torcida chegar junto mais uma vez e apoiar nosso time rumo à série A, pois é lá que é nosso lugar. Juntos, seremos vitoriosos”, afirmou. O Jequié estreia na Série B diante do Colo-Colo, em casa. A partida foi marcada para 25 de outubro, às 15h, no estádio Waldomiro Borges, em Jequié.

TEIXEIRA DE FREITAS (PORTELA) Portela Após dois anos, o Teixeira de Freitas (Portela) está de volta à disputa da Série B do Baianão. A última participação do clube na competição foi em 2018, quando terminou na 5ª colocação. Dois anos depois, a Águia vai em busca do sonho do acesso à elite do estadual. Para isso, o Portela apostou em um velho conhecido da torcida para comandar a equipe. Ex-meia do clube nas temporadas 2016, 2017 e 2018, Narciso será o técnico. “Antônio Narciso será nosso treinador e trará seu auxiliar Edmundo Alisson. Narciso está conosco desde 2014, conheci na época que estávamos no Serrano. Trouxemos para o Portela em 2016 e em todas as edições que disputamos foi o grande líder do nosso elenco. Conhece o clube, nossa filosofia de jogo e a forma de trabalho. Tenho muita confiança no Narciso, jovem de 39 anos e muito promissor, com cabeça aberta. É o momento certo de apostar e vejo que dará muito certo no objetivo que é conquistar o acesso”, disse o presidente do clube, Gerson Portela, em entrevista ao Bahia Esportiva. O time do Portela poderá contar com a sua cidade como sede e mandará os jogos no Estádio Antônio Rodrigues Santana, em Teixeira de Freitas.

UNIRB UNIRB FC Candidato forte ao acesso, o UNIRB é o último da lista. Após estrear em 2019 no futebol profissional, o UNIRB Futebol Clube está garantido, pelo segundo ano consecutivo, na Série B do Baianão. Se no ano passado o clube terminou a competição na terceira colocação, neste ano quer chegar mais longe. O treinador será Laelson Lopes, que acumula passagens pelas categorias de base de Bahia, Vitória, Fortaleza, além dos times profissionais de CSA, Confiança, Vitória da Conquista, Flu de Feira, Juazeirense entre outros. O profissional também tem experiências no futebol do exterior. Como auxiliar técnico, Laelson terá o ex-jogador Xavier. Revelado no Vitória, ele também passou por Bahia, Corinthians, Vasco, Juventude e Maccabi Haifa (ISR). Os investimentos do UNIRB, porém, não estão apenas na formação da comissão técnica. O clube também investiu em reforços. O principal deles foi o atacante Marcelo Nicácio, artilheiro da Série A do Baianão 2020, pelo Fluminense de Feira, com oito gols. O mando de campo do UNIRB, que tem sede em Alagoinhas, mandará os seus jogos na sua cidade natal no Estádio Antônio Carneiro, o Carneirão.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo